quinta-feira, 14 de junho de 2012

Resolução da atividade sobre a Rev. Industrial (8º ano)


1.       O que foi a Revolução Industrial? Por que recebe o nome de revolução?

Foi um conjunto de transformações tecnológicas ocorrido a partir do século XVIII e iniciado na Inglaterra, com a qual surgiu um novo modo de produção caracterizado pela mecanização. Ela recebeu o nome de revolução pelo impacto econômico-social produzido.

2.       Faça um pequeno texto, no qual explique os motivos de a Inglaterra ter sido pioneira no processo de industrialização.

O primeiro país a ter condições favoráveis para investir na utilização da máquina foi a Inglaterra. Dentre estas condições, podem-se citar: o acúmulo de capitais provenientes da expansão marítimo comercial e da política mercantilista; a mão-de-obra farta e barata, uma vez que muitas camponeses haviam sido obrigados a se mudar para as cidades por causa dos cercamentos; bem como a existência de jazidas de carvão e ferro.

3.       O que foram os cercamentos?

Foi o cercamento das terras comunais, na Inglaterra, para a criação de ovelhas para a produção de lã, levando à expulsão dos camponeses que migraram para as cidades e se tornaram mão-de-obra para as nascentes indústrias.

4.       Explique com suas palavras como o trabalho mecanizado alterou a relação dos trabalhadores com a noção do tempo.

Durante a Revolução Industrial, a vida era marcada pelo trabalho nas fábricas. Isso acabou por alterar a percepção do tempo, pois, até então, as pessoas organizavam suas vidas em função do ritmo da natureza. O trabalho assalariado gerou a necessidade de controlar a produtividade, de criar uma jornada de trabalho. Dessa maneira, a classe trabalhadora precisava se habituar ao tempo disciplinar do relógio, que regulava os horários de trabalho das fábricas.

5.       Com base no que foi explicado, diferencie a burguesia do proletariado.

Burguesia: industriais donos dos meios de produção (classe dos capitalistas).
Proletariado: classe operária que vendia sua força de trabalho.

6.       Como era o dia-a-dia dos operários nas fábricas?

No dia-a-dia das fábricas, os trabalhadores operavam as máquinas e produziam grandes quantidades de produtos manufaturados. O cotidiano dos operários era muito cansativo. Eles chegavam a trabalhar até 16 horas por dia e não tinham direito à férias. Além disso, o ambiente de trabalho era insalubre, pois as fábricas eram escuras, úmidas e com pouca ventilação. Os operários eram sempre vigiados por um feitor, e era comum acontecerem acidentes de trabalho, nesses casos, os operários não recebiam ajuda financeira ou médica.

7.       O que foi o movimento ludista?

Foi um movimento, ocorrido no início do século XIX, formado por grupos de operários que invadiam oficinas têxteis e quebravam os maquinários como forma de protesto.

8.       O que eram e como surgiram os sindicatos?

Os sindicatos são organizações de pessoas com os mesmos interesses que se associam para juntar forças e defender seus direitos. Eles surgiram das Trade Unions, que eram associações de trabalhadores formadas por diferentes profissionais e que buscavam organizar as reivindicações destes, surgidas no início da industrialização como forma de resistência dos operários à exploração capitalista.

9.       O que foi o cartismo?

Foi um movimento social inglês que se iniciou na década de 1930 do século XIX e que teve como principal base a Carta do povo, um manifesto enviado ao Parlamento inglês em nome do proletariado, no qual reivindicavam o direito de voto de todos os homens maiores de 21 anos, eleições anuais para o Parlamento, pagamento dos salários dos parlamentares, voto secreto, fim do critério censitário para se candidatar ao Parlamento e igualdade entre os distritos eleitorais.

10.   Cite as principais conquistas dos trabalhadores ingleses a partir de 1830.

As principais conquistas dos trabalhadores ingleses a partir da década de 1830 foram: a aprovação de leis que regulamentavam o trabalho de crianças e jovens, a redução da jornada de trabalho das mulheres e dos homens. Além da diminuição da carga horária, as novas leis instituíram horários de pausa para que os operários pudessem fazer suas refeições e descansar entre os períodos de trabalho.

11.   Explique o socialismo científico.

Teoria econômica elaborada por Karl Marx e Friedrich Engels que procurou explicar o desenvolvimento do capitalismo e criticar seus desdobramentos, como o crescimento da riqueza daqueles que detêm os meios de produção e a exploração do proletariado. O socialismo defendia a extinção da propriedade privada dos meios de produção, o bem coletivo acima do individual. Para isso, defendiam a idéia de que os trabalhadores tinham que tomar  consciência de sua condição e promoverem a tomada de poder através de uma revolução, o que possibilitaria a construção de uma sociedade mais justa.

Um comentário: