domingo, 5 de agosto de 2012

Resolução atividade I Grandes Navegações (7º ano)


1.      Explique, com suas palavras, o que foram as Grandes Navegações.
Conjunto de expedições marítimas realizadas principalmente por portugueses e espanhóis entre os séculos XV e XVI, na qual os europeus se lançaram ao mar em busca de novos territórios, de especiarias e de metais preciosos.

2.      Baseado no que foi visto em sala, indique dois perigos enfrentados pelos europeus no mar que, em sua opinião, mais causavam medo. Justifique.
Na época das Grandes Navegações, os europeus acreditavam que os oceanos eram habitados por monstros e também que a terra era quadrada e que cairiam no abismo.

3.      O que levou os portugueses a se aventurarem por mares desconhecidos se era tão arriscado?
Era preciso encontrar um novo caminho marítimo para as Índias para ter acesso às especiarias.

4.      Quem controlava as rotas terrestres para as Índias?
As rotas terrestres eram controladas pelos italianos (genoveses e venezianos), que comerciavam com os árabes e distribuíam as mercadorias a preços altos.

5.      Com relação às Grandes Navegações, explique:

a)      O que são as especiarias.
Eram produtos provenientes do Oriente muito valorizados na Europa.

b)     Por que as especiarias eram tão cobiçadas.
Devido ao efeito de temperar, conservar alimentos e por serem também utilizados como medicamentos.

c)      Por que os portugueses precisavam de um caminho alternativo para as Índias.
Era preciso se livrar dos intermediários no comércio com o Oriente. Além disso, a tomada de Constantinopla pelos turco-otomanos dificultou o acesso às especiarias.

6.      Quais foram as razões para o pioneirismo português?
Portugal foi o primeiro país europeu a ter um governo real fortalecido, tinha uma posição geográfica privilegiada, uma burguesia mercantil forte, além de ter conhecimento sobre navegação aprendido com os muçulmanos durante a ocupação do território ibérico.

7.      Por que a existência de um governo real fortalecido foi importante para que houvesse a expansão marítima?
A centralização do poder dos reis possibilitou o investimento de seus recursos na procura por novos territórios e riquezas, incentivando as navegações.

Um comentário: